Chapada dos Veadeiros : Trilha Mirante da Janela e Cachoeira do Abismo

   A trilha para o Mirante da Janela é uma das mais famosas e puxadas. Eu quase desisti dessa trilha, mas de última hora acabei topando. GRAÇAS A DEUS!! Valeu muito a pena!!




A entrada do mirante fica em São Jorge, mas fora do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. De Alto paraíso são 36 km de asfalto e 3 km de terra.  Chegando lá você vai ver o famoso Quartzo rosa que fica no estacionamento. A Chapada tem muito quarto rosa, dizem que isso faz com que o local tenha boas energias. 



Quartzo rosa gigante Chapada dos Veadeiros
Quartzo rosa gigante

Andamos alguns minutos até o CAT (CENTRO DE ATENDIMENTO AO TURISTA), onde deve-se pagar R$15 de entrada. Lá você vai conhecer o simpático senhor Graciliano, o recepcionista do local. 

CAT MIRANTE DA JANELA
CAT MIRANTE DA JANELA
Se liga na placa que tinha na entrada: CUIDADO COM A ONÇA. KKKKKKKK


placa cat mirante da janela
Placa CAT Mirante da Janela

Depois disso começamos a percorrer a trilha que tem distância de 8 km, ida e volta. Já adianto que não é uma trilha fácil, eu não recomendo para pessoas sedentárias. Não precisa ser um trilheiro de carteirinha para fazer, mas tem que ter o mínimo de preparo físico e persistência. Se você já está acostumado com trilhas então pode ir despreocupado. Vai conseguir suuper de boa. 

"Se as informações postadas te ajudaram não esqueça de seguir nossa página no Facebook. Assim você não perde nenhuma novidade e ajuda o blog a ter vida longa. Siga o meu instagram @nathalyporai."


Muitas pessoas fazem essa trilha sem guia. Eu sou do tipo que gosta de curtir as trilhas sem preocupação, por isso contrato guias em trilhas pesadas. Claro que sempre existe a possibilidade do contratado não ser muito eficiente, como aconteceu nesse caso. Mesmo assim prefiro sempre contratar um profissional. 


início da trilha Mirante da Janela


A trilha é bem demarcada e leve em boa parte, mas achei confusa em alguns momentos. Estávamos com o guia que contratamos no CAT de Alto Paraíso, eles cobram R$150,00 a diária por grupo. Nós éramos três, então ficou R$50 para cada. 

VEGETAÇÃO TÍPICA DO CERRADO




No meio do caminho fizemos uma pausa na Cachoeira do Abismo. Estava com pouca água mas foi o suficiente para refrescar. Na cheia ela fica transbordando e vira uma piscina com borda infinita. 






Pontezinha de pedras logo após a cachoeira




















Recomendo fortemente que aproveitem a cachoeira. Após esse trecho a trilha fica bem mais complicada. Quase no final tivemos que fazer uma subida de 1 km bem puxadinha,  

"Se as informações postadas te ajudaram não esqueça de seguir nossa página no Facebook. Assim você não perde nenhuma novidade e ajuda o blog a ter vida longa. Siga o meu instagram @nathalyporai."




Acho que levamos umas três horas, contando as paradas, para chegar exatamente no Mirante. Lá você vai ter uma visão panorâmica linda com vista para a trilha dos Saltos, que fica dentro do Parque Nacional da Chapada.


VISTA PARA A TRILHA DOS SALTOS CHAPADA DOS VEADEIROS

PAISAGEM MIRANTE DA JANELA CHAPADA DOS VEADEIROS



Tudo muito bonito até acontecer uma surpresinha. O guia mostrou um buraco e afirmou ser a Janela, mas o buraco não tinha nada a ver com o lugar que nós víamos nas fotos. 



Uma das minhas amigas não se conformou e saiu andando. Por sorte, ela acabou achando a Janela sozinha. Bizarramente o guia não conhecia aquele lugar, quando for leve uma foto e se certifique que o guia conhece o local. É bizarro, mas dizem que alguns guias antigos não conhecem a Janela. 

Graças a Ju achamos um dos ângulos mais inusitados e bonitos da Chapada. Tiramos fotos bem legais por lá.  

"Se as informações postadas te ajudaram não esqueça de seguir nossa página no Facebook. Assim você não perde nenhuma novidade e ajuda o blog a ter vida longa. Siga o meu instagram @nathalyporai."






Quando for tirar fotos tome cuidado. As pedras são inclinadas e é difícil se apoiar. Se for tirar foto no topo das pedras tome cuidado redobrado. 


Resumo da atração:
Trilha puxada. É bom escolher um dia para se dedicar apenas a ela.

O que levar:
Tênis ou bota de trilha
Filtro Solar
Água
Biquíni
Roupas leves
Câmera fotográfica
Boné


Gastos:
Guia R$150,00
Entrada: R$15,00

"Se as informações postadas te ajudaram não esqueça de seguir nossa página no Facebook. Assim você não perde nenhuma novidade e ajuda o blog a ter vida longa. Siga o meu instagram @nathalyporai."




Chapada dos Veadeiros:Cachoeira Santa Bárbara, Barbarinha e Capivara


    Se você está lendo esse post provavelmente já se deparou com alguma foto da Cachoeira Santa Bárbara e ficou se perguntando se era realidade ou photoshop. Pois é esse mistério que vamos desvendar hoje, aquela água é real ou é edição?


Chapada dos Veadeiros Cachoeira Barbarinha
Cachoeira Barbarinha

   Para quem não sabe a cachoeira fica em Cavalcante-GO, ao norte da Chapada dos Veadeiros, há 87 km de Alto Paraíso. Se quiser agilizar a viagem você pode se hospedar por uma noite em Cavalcante. Como se trata de uma área de preservação, o número de pessoa que podem ter acesso ao local é limitado. Por isso, é legal chegar o mais cedo possível. 
Pernoitar em Cavalcante não é algo imprescindível, nós saímos de Alto Paraíso e levamos por volta de 2 horas até o início da trilha. Conseguimos fazer tudo com calma.

"Se as informações postadas te ajudaram não esqueça de seguir nossa página no Facebook. Assim você não perde nenhuma novidade e ajuda o blog a ter vida longa. Perguntas devem ser feitas nos comentários. Siga o meu instagram @nathalyporai."

Seguimos o GPS, que já estava com a rota traçada desde a pousada, e levamos mais ou menos uma hora até Cavalcante. De lá pegamos mais uns 27 km em estrada de terra até a comunidade Engenho II. A Cachoeira fica dentro de uma comunidade kalunga, área onde existiu um dos Kilombos mais populosos do Brasil. A maior parte do sustento da população vem da exploração turística. 
Quem quiser conhecer o local tem que contratar um guia. Acho bacana contratar o guia local porque assim você será guiado por uma pessoa da população Kilombola, que foi criada ali e conhece muito bem a trilha. Chegando lá você paga a entrada de R$20 e escolhe um guia, eles cobram R$80,00 para um grupo de até oito pessoas.



Pegamos um guia maravilhoso. Ele foi super atencioso, deixou a gente aproveitar bastante as atrações e era super divertido. Além de guiar ele também tem um pedacinho de terra que transformou em camping. Vou deixar o contato dele no final do post pra quem já quiser adiantar o planejamento da viagem.

Fomos com o guia até um determinado local e deixamos o carro estacionado. Nesse momento você escolhe entre ir a pé (6 km no total), com o seu carro, ou pegar um pau de arara que custa R$10 ida e volta. O carro era alugado, estava lotado e a estrada não parecia das melhores. Por isso, optamos por pegar o pau de arara. Isso encurtou bastante o percurso, andamos apenas 1,5 km. A trilha é demarcada e bem tranquila.  


Passamos primeiramente pela Cachoeira Barbarinha, uma versão reduzida da Santa Bárbara. Nesse momento percebi que as fotos da internet eram reais. Ficamos pouco tempo nela e seguimos para a atração principal.

"Se as informações postadas te ajudaram não esqueça de seguir nossa página no Facebook. Assim você não perde nenhuma novidade e ajuda o blog a ter vida longa. Perguntas devem ser feitas nos comentários. Siga o meu instagram @nathalyporai."

Barbarinha Chapada dos Veadeiros
Barbarinha Chapada dos Veadeiros

   Santa Bárbara tem uma queda de 30 metros, que forma uma pequena piscina natural azul turquesa. Essa é a água de cachoeira mais límpida que eu já vi. Ela fica cercada pela mata e isso reduz a quantidade de raios de sol. O melhor horário para conferir toda a beleza do local é entre 10 h 12 h, com pico às 11 h, quando os raios incidem bastante na água.




Dá pra ficar em pé em boa parte dela. A parte funda não é muito longa, então quem consegue nadar um pouquinho vai curtir tranquilamente toda a cachoeira. Ficamos um bom tempo embaixo da queda de água, é muito gostosa. 

Na volta paramos mais uma vez na Barbarinha para tomar banho.










Dica! Senti muita falta de um snorkel ou óculos de natação. Se você tiver, não deixa de levar. 

Barbarinha Chapada dos Veadeiros
Barbarinha Chapada dos Veadeiros

   A última atração é a Cachoeira da Capivara. A Santa Bárbara acaba chamando muita atenção por causa da cor da água, mas a Capivara foi a que mais me surpreendeu. Ela é enooorme e o desenho que a queda esculpiu nas rochas é impressionante.
É difícil comparar as duas já que são belezas muito diferentes, Santa Bárbara é toda "barbiezinha"/bonitinha e Capivara é a beleza rústica e imponente da natureza, fiquei apaixonada.


Chapada dos Veadeiros Cachoeira da Capivara
Chapada dos Veadeiros Cachoeira da Capivara

Chapada dos Veadeiros Cachoeira da Capivara
Chapada dos Veadeiros Cachoeira da Capivara

Chapada dos Veadeiros Cachoeira da Capivara
Cachoeira da Capivara - Crédito: Rubens Netto

Se reparar na foto você vai ver duas quedas. Uma lá no fundo, bem reta, e outra grandona que cortou as pedras de forma irregular. Do outro lado tem uma piscininha e vista super bonita.

"Se as informações postadas te ajudaram não esqueça de seguir nossa página no Facebook. Assim você não perde nenhuma novidade e ajuda o blog a ter vida longa. Perguntas devem ser feitas nos comentários. Siga o meu instagram @nathalyporai."


   Depois de curtir muito toda a beleza do local nós fechamos o passeio com chave de ouro. Antes de começar a trilha o guia perguntou se gostaríamos de almoçar por lá. Ele disse que por R$30,00 almoçaríamos a vontade comidinha feita no fogão a lenha, topamos na hora.
A refeição foi farta, tudo bem fresquinho e muito saboroso. O suco de tamarindo foi o melhor que já tomei, só de lembrar fico com água na boca. Segundo o guia, praticamente tudo que comemos foi plantado e colhido por eles.

gastos chapada dos veadeiros santa bárbara

Contato guia e camping:
Telefone: 62 998088322
Esse número recebe apenas ligação. Não adianta tentar contato por Whatsapp. Falar com Geraldo Santos Rosa ou Angelina Paulino da Silva.

Melhor época para visitar: 
Época de seca - Abril a Setembro. Quando chove as estradas ficam piores, o risco de tromba d'água é grade e convenhamos que não é legal ir para cachoeira com chuva.

Ainda tenho muita coisa para relatar da Chapada dos Veadeiros. Siga as nossas redes sociais para ficar por dentro das viagens em tempo real.








Cachoeira Loquinhas: Atração imperdível e próxima de Alto Paraíso de Góias

   No nosso primeiro dia já fomos conhecer um complexo de cachoeiras e poços lindos, que fica a apenas 4 km de Alto Paraíso, dentro da Fazenda Loquinhas. Segundo informações da página da fazenda, ela recebe esse nome pelos inúmeros poços existentes no local "o nome vem de locas, toca subaquática, gruta pequena, oca ou furna."


Existem duas trilhas dentro da fazenda, Loquinhas (que dizem ser a mais bonita e tem 7 poços) e Violeta (6 poços). Como se trata de uma propriedade privada você paga uma taxa de R$25,00 para entrar. 


   A trilha é super bem demarcada e eles ainda te entregam um mapa na recepção, não tem como se perder. Em alguns momentos ela é de terra, em outros madeira. Próximo aos poços tem decks de madeira que oferecem bastante conforto. Tudo parece ter sido feito com o maior respeito a natureza. A trilha total dura uns 30 minutos e é bem leve. Dá pra levar criança tranquilamente.

"Se as informações postadas te ajudaram não esqueça de seguir nossa página no Facebook. Assim você não perde nenhuma novidade e ajuda o blog a ter vida longa. Perguntas devem ser feitas nos comentários. Siga o meu instagram @nathalyporai."




Se for pela manhã você poderá aproveitar o dia nesse pedacinho de paraíso, das 8h às 17h. Recomendo que você vá direto para Loquinhas, a última cachoeira, e depois volte parando nas demais. 

"Se as informações postadas te ajudaram não esqueça de seguir nossa página no Facebook. Assim você não perde nenhuma novidade e ajuda o blog a ter vida longa. Perguntas devem ser feitas nos comentários. Siga o meu instagram @nathalyporai."





Fomos no início da tarde e não tinha muito sol incidindo na água. Além do sol deixar a cor da água ainda mais bonita ele ajuda a esquentar e secar mais rápido o corpo. Sentimos um pouco de frio, mas nada que tire a beleza do lugar. A água é super transparente e tem um tom esverdeado lindo.






   Na época de seca, entre junho e outubro, alguns poços ficam bem rasos, ou seja, não dá pra tomar banho. Nós fomos no final de maio e alguns poços já estavam bem rasinhos. 

"Se as informações postadas te ajudaram não esqueça de seguir nossa página no Facebook. Assim você não perde nenhuma novidade e ajuda o blog a ter vida longa. Perguntas devem ser feitas nos comentários. Siga o meu instagram @nathalyporai."

Nível de dificuldade: Leve
Tempo para percorrer: 30 minutos em média. Dá pra fazer de chinelo.
Entrada: R$25,00
Distância de Alto Paraíso: 4 km
Horário: 8h às 17h.

Chapada dos Veadeiros: Informações que vão te ajudar a planejar a sua viagem




   O relato de hoje é sobre um destino que está bem em alta, a Chapada dos VeadeirosAntes disso, aproveita para ler o meu relato sobre a Chapada Diamantina, uma das viagens mais bonitas que eu já fiz. Você não vai se arrepender!

Voltando para a Chapada dos Veadeiros, aqui vão algumas informações para ajudar no planejamento da sua viagem.

Clima


Período de seca: Maio a Setembro
Período de chuva: Outubro a Abril. 

   Como é um local com muitas cachoeiras acho melhor evitar o período de chuva por causa do risco de tromba d'água. Sem contar, que a água fica mais límpida na época de seca.


"Se as informações postadas te ajudaram não esqueça de seguir nossa página no Facebook. Assim você não perde nenhuma novidade e ajuda o blog a ter vida longa. Perguntas devem ser feitas nos comentários. Siga o meu instagram @nathalyporai."

Onde ficar?

   Geralmente as pessoas ficam em Alto Paraíso. É interessante também fazer um pernoite em Cavalcante, caminho para a Cachoeira Santa Bárbara ou no Vilarejo de São Jorge. Assim você fica menos tempo na estrada. Nós ficamos em Alto paraíso e conseguimos fazer tudo sem correria. Se tiver alguém para revezar a direção é tranquilo. 

São Jorge é onde fica a porta de entrada do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros e a entrada do Mirante da Janela ( uma das trilhas mais famosas). Lá é um lugar bem roots, vale a pena ficar uns dois dias por lá. 


Como chegar? 

    Isso depende de onde você mora. Geralmente, as pessoas vão até Brasília de avião e de lá pegar um ônibus ou alugar um carro até Goiás.

Leia: 


Indo de carro

    De carro você vai ter muito mais liberdade para explorar as atrações e fazer o seu roteiro sem precisar contratar agências, que acabam custando mais caro. A estrada entre Brasília e Alto Paraíso estava em boa condição, o que fez com que os 230 km de distância fossem percorrido em 3 horas, mais ou menos. Saindo da capital federal você pega a GO-118 e segue as placas de sinalização até a cidade.  

Aluguel de carro por pessoa (éramos seis):
Cada um pagou R$206,00 pelos seis dias de viagem.  
Acho que abastecemos duas vezes e ficou R$46 para cada. 


Indo de ônibus

    De ônibus já fica mais chatinho. Você tem que ir até a Rodoviária Interestadual e comprar um dos horários que a Real Expresso disponibiliza, 10h ou 21h. 

Valor: R$46,28
Tempo de viagem: Entre 3 e 4 horas.


"Se as informações postadas te ajudaram não esqueça de seguir nossa página no Facebook. Assim você não perde nenhuma novidade e ajuda o blog a ter vida longa. Perguntas devem ser feitas nos comentários. Siga o meu instagram @nathalyporai."


Guia

    Você pode contratar o guia no CAT(Centro de Atendimento ao Turista) que fica no centro da cidade. A diária do guia custa R$150,00.

Endereço: Av. Ary Ribeiro Valadão, das 8h as 20h.
Telefone: 62 3446-1159


Hospedagem

   Nós ficamos hospedados em um lugar super aconchegante em Alto Paraíso, a Rubi Violeta Pousada. Sabe aquele lugar que você se sente em casa? Então, lá é exatamente assim. João, o recepcionista, era incrível e sempre estava disposto a dar todo tipo de dica pra gente. Ele ajudou muito na criação do nosso roteiro. A localização também é ótima, fica próxima ao centrinho.

O café da manhã é uma delícia. As responsáveis pela cozinha são super simpáticas e fazem comidas maravilhosas e bem variadas. Acho super importante que o café da manhã seja reforçado, especialmente quando o destino exige atividade física constante, e na Rubi você não precisa se preocupar com isso. Pode ter certeza que você vai comer muito bem todos os dias. 

Além dos quartos para grupos eles tem quartinhos de casal super fofos com rede na varanda. 

Valor: Diária de R$70 por pessoa, com café da manhã. Quarto para grupo de 6 pessoas. Período de feriadão.
Endereço: Rua Coleto Paulino, 732 - Centro, Alto Paraíso de Góias - GO, 73770-000
Telefone: (62) 3446-1200. 

São Jorge - Hostel Buritis

    Ficamos em uma suíte que custou R$100 o casal. Tivemos banheiro dentro do quarto, frigobar e cama de casal. O quarto era bem limpo. A cozinha era comunitária e bem equipada. 

Nos próximos posts eu vou detalhe dia-a-dia o meu roteiro pela Chapada. Se não quiser perder as novidades siga a nossa página no Facebook. Te garanto que vai facilitar muito a sua pesquisa. Siga o meu Instagram- @nathalyporai, para seguir as minhas viagens em tempo real.


Brasília: Turistando com poucas horas

Congresso Nacional ( Free Images)
    Quando fui conhecer a Chapada dos Veadeiros, Góias, decidi tirar um dia para conhecer Brasília. Apesar de gostar de viajar eu nunca tinha visitado a capital do Brasil. Como teria pouco tempo tentei criar um roteiro que misturasse o turismo cívico, o forte da cidade, e algo com contato com a natureza. Infelizmente, muita coisa deu errado nesse dia, então não consegui seguir todo o roteiro. Mas deixo ele aqui para que vocês possam aproveitar.

    Tinha decidido que iria fazer de bike o Eixo Monumental, mas a vida é uma caixinha de surpresas HAHAHAHAHAHAHA. Uma amiga me alertou que Brasília estava fervendo com manifestações, várias vias estavam fechadas, uma confusão só. Então eu decidi fazer algo que eu sempre torci o nariz, um city tour. Já adianto que foi uma ótima decisão.


Saindo do aeroporto de Brasília

    Saindo pelo portão de desembarque basta segui á direita e após alguns passos você encontra o ônibus executivo. Ele é cinza, tem saídas a cada 30 minutos e costuma ser bem pontual. O primeiro ônibus sai as 6h30m. O ônibus passa pela rodoviária, em frente a vários pontos turísticos e pelo Setor Hoteleiro Norte. É comum que os passageiros peçam que o motorista pare próximo a estação do metrô.  
Valor:R$12,00.


"Se as informações postadas te ajudaram não esqueça de seguir nossa página no Facebook. Assim você não perde nenhuma novidade e ajuda o blog a ter vida longa. Perguntas devem ser feitas nos comentários. Siga o meu instagram @nathalyporai."


City Tour

    Pedi para descer próximo ao Shopping Brasília, de onde sairia o ônibus do meu City Tour. Esse shopping fica colado no setor Hoteleiro Norte e próximo a algumas atrações. O City Tour da Catedral Turismo tem duas horas de duração e foi realizado em um ônibus de dois andares.





Durante o percurso você escuta um áudio com informações sobre os pontos turísticos em três idiomas: português, espanhol e inglês. As paradas para visitação são: Catedral, Praça dos Três Poderes, Palácio da Alvorada e Memorial Jk. Elas duram 10 minutos, o suficiente para tirar algumas fotos. A minha parada favorita foi na Catedral. Achei bonita por dentro e por fora.


Catedral Metropolitana de Nossa Senhora Aparecida, mais conhecida como Catedral de Brasília
Catedral Metropolitana de Nossa Senhora Aparecida, mais conhecida como Catedral de Brasília

Catedral Metropolitana de Nossa Senhora Aparecida, mais conhecida como Catedral de Brasília
Catedral Metropolitana de Nossa Senhora Aparecida, mais conhecida como Catedral de Brasília


Além das paradas eles passam na porta de vários monumentos, entre eles: Biblioteca e Museu Nacional, Catedral Metropolitana, Teatro Nacional, Palácio do Itamaraty, Congresso Nacional, Supremo Tribunal Federal entre outros.


Ponte JK
Ponte JK

Biblioteca Nacional de Brasília
Biblioteca Nacional de Brasília
Congresso Nacional
Congresso Nacional
Museu Nacional
Museu Nacional


Supremo Tribunal Federal
Supremo Tribunal Federal


Palácio do Itamaraty
Palácio do Itamaraty

Dois Guerreiros ou Os Candangos
Dois Guerreiros ou Os Candangos.
Importante escultura que homenageia os trabalhadores que construíram Brasília.


O Palácio da Alvorada estava fechado, parece que eles iam receber alguma visita importante, então fizemos mais uma parada no Memorial JK. 


Memorial JK
Memorial JK
Memorial JK
Memorial JK

O último lugar que o ônibus passa é em frente a Torre de Tv (não confunda com a antena de tv digital do Niemeyer) depois ele segue para o Shopping Brasília, onde termina o tour . Eu indico que você desça ali mesmo, suba a torre, e aproveite para ter uma vista panorâmica da cidade. 



"Se as informações postadas te ajudaram não esqueça de seguir nossa página no Facebook. Assim você não perde nenhuma novidade e ajuda o blog a ter vida longa. Perguntas devem ser feitas nos comentários. Siga o meu instagram @nathalyporai."

Torre de Tv de Brasília
Torre de Tv de Brasília
Vista para a Esplanda dos Ministérios

A torre foi projetada pelo arquiteto criador da cidade, Lúcio Costa, e a inspiração veio da Torre Eiffel. A entrada é gratuita e você sobe de elevador até o mirante, que fica a 75 metros do solo.  



Vista para o estádio Mané Garrincha 

Funcionamento: 
Terça a domingo - das 9h às 19h

Se você gosta de uma igreja pode continuar o tour conhecendo a Santuário São Bosco, que fica há 20 minutos andando da torre de tv.

 


Santuário São Bosco
Santuário São Bosco

Santuário São Bosco
Santuário São Bosco

Santuário São Bosco
Santuário São Bosco

   Enquanto caminhava pela cidade percebi que Brasília é uma cidade feita para carros, tem que ter paciência para atravessar as ruas com segurança. O sol também estava bem forte e o clima abafado. Se for bater pena pela cidade recomendo que leve água. 
Por essas e outras características achei o City Tour perfeito para uma cidade como Brasília. No final das contas valeu muito a pena! Agradeço a Catedral Turismo por ter cedido essa cortesia ao blog.

City Tour
Catedral Turismo
Valor: R$50,00 
Horários: 10h30, 14h e 16h30
Informações: (61) 99338-9692
                      (61)99338-9704
                      (61)99304-1992


Parque Água Mineral

   Caso você tenha mais tempo e queira fazer algo mais natureza pode pegar um Uber até o Parque Nacional de Brasília, conhecido como Água Mineral. Lá, você pode tomar banho nas piscinas de água mineral ou optar entre as duas trilhas que existem no parque. Uma trilha tem 20 minutos de duração e a outra 1 hora. Nelas você vai ter a oportunidade de entrar em contato com a flora e fauna local. 

Endereço: Via Epia BR-040 - Setor Militar Urbano  
Horário: 8h às 16h
Valor: R$13,00 (adultos brasileiros), R$26 (adultos estrangeiros), crianças (R$12,00) crianças com menos de 8 anos não pagam.


Assistir ao Pôr do sol 

   Dizem que o céu é o mar de Brasília, então para fechar o dia vá assistir ao pôr do sol. O local vai depender da sua localização ou disposição. Vou deixar aqui algumas opções:

Ermida Dom Bosco
   É um parque as margens do Lago Paranoá, que tem 131 hectares. Dizem ser o ponto mais bonito para ver o pôr do sol. 

Endereço: QL 32, Lago Sul.
Horário: Diariamente das 6h às 22h.
Nos finais de semana carros são permitidos das 8h30m às 20h. 


Pontão do lago Sul
Um complexo de lazer a beira do lago. 
Endereço:10, LOTE 1/30.
Abre às 7h. 

Calçadão da Asa Norte
Pier onde as pessoas se reúnem para praticar diversas atividades.
Endereço: Final da L4.
Horário: 24 horas por dia.

Orla da ponte JK
A orla com vista para a ponte tem vários bares e restaurantes na proximidade. 
Setor de Clube Esportivos Sul, trecho 2.
Horário: 24 horas por dia. 


"Se as informações postadas te ajudaram não esqueça de seguir nossa página no Facebook. Assim você não perde nenhuma novidade e ajuda o blog a ter vida longa. Perguntas devem ser feitas nos comentários. Siga o meu instagram @nathalyporai."