Atacama parte 3 : Geyser del Tatio e Valle de La luna/Valle de La Muerte

2º dia - Geyser del Tatio e  Valle de la Luna / Valle de La Muerte
(Geyser:  5h - 12h) (Valle: 16h 20h) 

Se não quiser perder os próximos posts sobre o Atacama basta seguir nossa página no Facebook. Siga também o meu instagram @ natahlyporai. Perguntas devem ser feitas nos comentários

Geyser del Tatio

A van passou às 5h da manhã para me buscar. Achei difícil acordar nesse horário por causa do frio. Pobre de mim, mal sabia o que me esperava mais pra frente.
Quando desci da van a minha noção de frio foi atualizada automaticamente para vários graus abaixo de zero. Senti um frio cortante e extremamente desconfortável. Pense bem antes de fechar essa atividade porque além do frio tem a questão da altitude. Algumas pessoas sentem bastante "soroche" por causa da altitude de 4.3000 metros. Eu nunca senti mal estar por causa da altitude mas as pessoas dizem sentir cansaço, dor de cabeça e tontura. 

Na minha opinião, essa é a única excursão dispensável. Não achei nada de incrível nas geysers, até porque já tinha visto várias na Nova Zelândia. O que eu mais gostei nesse passeio? De observar o belo nascer do sol. De resto fiquei bebendo chá e tentando me esquentar. O café da manhã é servido ali mesmo. Como em todos os passeios que incluem alimentação o guia monta uma mesa com chá, café, biscoito e sanduiche.

Quando não aguentava mais de frio corri pra van. E, adivinha só, ela estava lotada! Ninguém estava aguentando tanto frio.  








Além de observar as geysers em atividade você pode se deliciar em uma piscina de água quente. Se eu entrei? claaaro que não. Fiquei muito aflita só de olhar a gringalhada se jogando na água. Sim, sou fresca. Me julgue! hahahahaha     





Encerramos o tour no vilarejo de Pueblo de Machuca. Antes, fizemos uma parada para fotos no Valle de Machuca. 




Achei o vilarejo agradável. Gostei da arquitetura rústica das casas e da igrejinha.  Quem quisesse desembolsar $5.000 pesos chilenos pode provar um espetinho com churrasquinho de Lhama. Eu pulei, apesar de achar a carne de Lhama saborosa, por não estar com fome.








Preço: $15.000 ( Com café da manhã incluído)
Entrada : Normal:$ 5.000 
              Estudante:$2.500

Roupa: Mais uma vez invista no esquema cebola. Esse é o passeio mais frio de todos. Vá preparado!


Valle de la luna/ Valle de La muerte


Esse foi um passeio que me surpreendeu MUITO. Começamos o passeio pela Valle de La Muerte. Quando ouvi o nome pensei: Tem esse nome por ser um lugar árrido e aparentemente sem vida. Mas, segundo a guia, o nome foi resultado de uma confusão. Queriam batizar o local com um nome que fizesse referência ao planeta Marte, já que o terreno lembra o solo do planeta vermelho. Mas, o responsável pelo registro entendeu Muerte e acabou ficando por isso mesmo. Se é verdade ou mentira nunca saberemos hahahahha



A vista é bonita. Não achei um lugar triste, feio ou melancólico. Gostei muito do contraste entre o céu azul vivo e aquela vastidão de pedras secas.







Depois seguimos de van para o Valle de La Luna. A guia falou que aquele território já foi mar e por isso até hoje tem aquela concentração de sal. Ela deu uma série de explicações sobre as pedras que compõem o local e seguimos para a parte mais puxada do passeio. Percorremos durante alguns minutos uma caverna com partes bem estreitas e mal iluminadas, o "Cânion das Cuervas de Sal". Por sorte eu tinha uma mini lanterna que me ajudou bastante.










Saindo do cânion voltamos para o carro e fomos conhecer o monumento chamado "As três Marias". Eu olho para a escultura natural e só consigo ver um dragão hahahaha






Depois seguimos para o Valle de La Luna. No final rola uma mini escalada que te leva até o topo, onde você vai conferir um por do sol estarrecedor.




Nesse passeio eu conheci uma família chilena maravilhosa!!! Eles compactuaram para esse passeio ter sido um dos meus favoritos.

O Atacama e os seus contrastes. O dia que começou congelante na Geiser acabou bem quentinho, graças ao por do sol e o carinho dos meus amigos chilenos.




Preço: $7.000 pesos chilenos
Entrada : Normal:$ 3.000 
              Estudante:$2.500

Roupa: Roupas leves e casaquinho. Não leve mochila grande para não atrapalhar no cânion.

Se não quiser perder os próximos posts sobre o Atacama basta seguir nossa página no Facebook. Siga também o meu instagram @nathalyporai. Perguntas devem ser feitas nos comentários  Até a próxima! ;)


Nenhum comentário:

Postar um comentário