Arraial do Cabo: Suas belezas e furadas

Prainhas - Arraial do Cabo

Arraial do Cabo é uma cidade costeira da Região dos Lagos do Rio de Janeiro. Ela fica a 170 km da capital carioca e possui praias lindíssimas. Minha primeira vez em Arraial do Cabo foi há 10 anos, em 2006. Passei mais de 10 dias vivendo naquele paraíso. Sempre tive muita vontade de voltar mas só consegui retornar agora. Logo de cara percebi que o número de pessoas visitando a cidade subiu MUITO. Parece que todos descobriram o meu paraíso perdido. Infelizmente, isso gera uma agitação que não condiz com toda a beleza da cidade. Por isso, se quiser conhecer a verdadeira Arraial tente ir durante a semana. Nos finais de semana a cidade lota. O que me irrita não é a agitação, mas a sujeira que isso gera. Mas porque eu estou falando disso? Porque isso leva até o passeio mais "furada" que eu já fiz na vida. Uso aspas porque apesar de vários transtornos o passeio não foi uma roubada total graças a praia maravilhosa que conhecemos.

O ônibus partindo do Rio é BEM salgado
Viação 1001
R$: Inacreditáveis 160,00 (ida e volta)
Tempo: Por volta de 3h de viagem.

"Se não quiser perder os próximo post sobre Arraial basta seguir nossa página no Facebook. Perguntas devem ser feitas nos comentários. Siga o meu instagram @nathalyporai."


Onde fiquei

Eu me hospedei no Hostel Caravelas e super indico. A localização do hostel é ótima!! Fica bem perto da rodoviária, do pier e de várias atrações. 

Crédito da foto:  Divulgação
Outro destaque positivo é a galera super gente boa que trabalha por lá. Eles são muito simpáticos e solícitos. Eu fiquei no quarto compartilhado misto com 8 camas. Só tinham 4 pessoas, sendo que apenas um era homem.

caravela hostel - arraial do cabo


O café da manhã do hostel é bem simples café, leite, suco, queijo, presunto, pão e bolo. Acho que é um bom café se levarmos em conta o valor. Os quartos são grandes, tem ar condicionado e banheiro. 


Valor: R$50,00 a diária

Facilidades: 
Café da manhã incluído no valor
Wi-fi de qualidade
200 m da Rodoviária e do Centro da Cidade
Perto da praia do forno e dos anjos


Prainhas do pontal do Atalaia


Cheguei no sábado e decidimos conhecer as Prainhas do Pontal do Atalaia. Algumas pessoas fazem o percurso andando, nós preferimos pegar um táxi no centro da cidade. O taxista era um senhor super simpático que cobrou R$100,00 pela ida e volta. Como eramos três não ficou pesado. Desembarcamos e depois de andar por alguns minutos fomos abençoadas com essa vista durante o percurso até a escadaria. 

Prainhas - Arraial do Cabo
Crédito: Juliana Silva  


A escadaria tem  150 metros e 250 degraus. 

Prainhas - Arraial do Cabo
Crédito: Juliana Silva  


O taxista veio nos buscar no horário marcado e nós fomos conferir o pôr do sol do pontal do Atalaia. Ele disse que não ia rolar por do sol porque o céu estava cheio de nuvens, mas decidimos arriscar assim mesmo. Chegamos lá e o sol estava tímido lutando contra as nuvens, uma imagem bem bonita. Os casais que estavam lá resolveram ir embora, nós continuamos...ainda bem! 

pôr do sol pontal do atalaia - arraial do cabo


pôr do sol pontal do atalaia - arraial do cabo

pôr do sol pontal do atalaia - arraial do cabo


Do nada começou a rolar o pôr de sol mais lindo que eu já vi na minha vida. Sem exagero, foi emocionante. Quando já estava quase acabando o taxista chegou e nós fomos embora totalmente em êxtase com o que contemplamos. Fiz até um vídeo para registrar esse momento único.





Passeio na Ilha do Farol

Infelizmente, nem só de boas surpresas são feitas as viagens. As vezes rolam umas ciladas:

Não era amor ôôô, não era.
Não era amor era... cilada, cilada, cilada, cilada.

Para entrar no clima esse post pode ser ouvido com esse pagode retrô do Molejo.


"Se não quiser perder os próximos posts basta seguir nossa página no Facebook. Perguntas devem ser feitas nos comentários. Siga o meu instagram @nathalyrj."

Fechamos o passeio a ilha do Farol com o barco Xarelete III. O vendedor prometeu mundos e fundos mas não cumpriu nenhuma delas. Nosso objetivo era fazer o passeio cedo para evitar a muvuca. Por isso, escolhemos o lugar que nos garantiram que o barco saia cedo, às 7h. Pois bem, chegamos as 7h em ponto mas o barco só saiu às 10h!! Tem noção do quanto esperamos? Os organizadores alegaram que o atraso foi culpa de um grupo que estava atrasado, mas eu não acreditei muito. Como se não bastasse, quando chegamos a ilha do farol esperamos mais de 2h30 para descer. Gente, foi um purgatório ficar naquele barco lotado. Você tinha que escolher entre ficar sentado com o sol na cabeça direto ou em pé espremido, no maior calor, com  funk nas alturas. Enquanto isso eu olhava para as águas cristalinas e sonhava com o momento que elas águas tocariam o meu corpo torrado de sol (kkkkkkkkkk sim, sou dramática. E não aguentava mais aquele sol na minha moleira). 

O que aconteceu foi o seguinte. A ilha do farol é um local protegido pela Marinha e só pode receber 200 pessoas pelo período máximo de 30m. Como saímos super tarde de Arraial adivinha o que aconteceu? Éramos os oitavos da fila. Acredite se quiser, ficamos ali parados que nem uns babacas esperando a nossa hora chegar. Até hoje eu não entendo porque eles não foram dar um passeio com o barco em outro canto qualquer do mar enquanto a fila diminuía. Inclusive vi alguns barcos fazendo isso. Nessa atitude ficou comprovado o amadorismo da equipe do barco.

Quando finalmente chegou a hora de conhecer a praia foi aquela festa. O lugar é maravilhoso, a água estava uma delícia e dá pra fazer fotos super divertidas por causa das dunas que tem por lá. Contratamos a fotógrafa do barco, Brenda, por R$20 e valeu muito a pena. Os 30 minutos foram maravilhosos e passaram super rápido. 



Ilha do Farol - Arraial do Cabo


Ilha do Farol - Arraial do Cabo

Ilha do Farol - Arraial do Cabo


Ilha do Farol - Arraial do Cabo


Depois paramos em um lugar que tinha uma gruta para nadar um pouco e fomos embora. Ou seja, de passeio mesmo foram menos de 40 minutos. Resumindo, recomendo muito conhecer a Ilha do Farol mas não recomendo de maneira nenhuma que contrate o Barco Xeralete III. Foram os R$30 mais mal gastos na minha vida. 

Quero mandar um beijo especial para as minhas companheiras de furada Ju e Ruth. Sem vocês não sei se eu teria resistido a essas horas de tortura HAHAHAHAHAHA


"Se não quiser perder o próximo posts sobre Arraial basta seguir nossa página no Facebook. Perguntas devem ser feitas nos comentários. Siga o meu instagram @nathalyporai."





Nenhum comentário:

Postar um comentário