Chapada Diamantina - Informações importantes para você programar a sua viagem

Eu sou apaixonada por ecoturismo. Acho essencial para desintoxicar do nosso cotidiano na selva de pedra. Os lugares recheados de belezas naturais são os meus destinos prediletos. Praia ou cachoeira =  Paraíso. Pois bem, o relato de hoje é sobre a Chapada Diamantina. Um dos destinos mais conhecidos para quem curte ver belas paisagens. 


"Se as informações postadas te ajudaram não esqueça de seguir nossa página no Facebook. Assim você não perde nenhuma novidade e ajuda o blog a ter vida longa. Perguntas devem ser feitas nos comentários. Siga o meu instagram @nathalyporai."

Vista do Morro do Pai inácio
Morro do Pai Inácio


Já tinha feito uma pesquisa sobre a Chapada e fiquei desanimada com os valores cobrados pelas agências. Os passeios são a partir de R$70,00, sendo que são atividades que você vai andando até o local. Por sorte eu e uma amiga conciliamos nossas agendas e conseguimos atingir nosso principal objetivo: alugar um carro e fazer o máximo de atividades sem agência. Indo de carro você consegue aproveitar muito mais. Economiza um dinheirinho e faz os seus horários e roteiros. Algumas atrações exigem que você contrate um guia, mas isso você faz sem dificuldade.  

A Chapada é gigantesca, o tipo de lugar que se você ficar um mês não consegue fazer tudo. Por isso, é bom já ir programado para escolher a melhor cidade base para você. Nós ficamos em lençóis porque a maior parte das atrações que nós queríamos estavam por lá. Fora isso, tivemos apenas um pernoite em Ibicoara. 

Pode-se visitar a Chapada o ano todo. O período ideal para fazer o Vale do Pati é o meio do ano. Infelizmente não tive tempo para conhecer o Pati. 


Clima

De Novembro a Janeiro : Provavelmente você vai pegar chuva de verão, o que deixa as cachoeiras cheias e lindas, mas as trilhas ficam bem barrentas. 
Março e maio: A chapada vai estar bem florida e verde. 
Maio a Setembro : Difícil ter chuva

Quem quiser curtir os festivais da Chapada deve se ligar no período.  Festival de Jazz do Capão rola em setembro. E o Festival de Lençóis em outubro. Quem for em junho pode se esbaldar nas festas juninas.

Mas chega de papo. Se você quer conhecer a Chapada Diamantina, vem comigo!!


Como chegar?

Geralmente as pessoas compram voo até Salvador e vão de ônibus ou carro até lençóis. Nós alugamos um carro no aeroporto e seguimos até lençóis. Outra opção é ir de Ônibus. Para isso, você deve ir até a rodoviária e pegar um ônibus da Real Expresso até lençóis. Compre a passagem antecipadamente via internet para não dar zebra, o valor é por volta de R$80,00.

Quem for de São Paulo pode comprar passagem no voo semanal da Azul São Paulo/ Lençóis. 

Voo - Rio / Salvador 
Preço: R$270,00  (promoção maravilhosa da Tam kkkkkk)


Carro alugado:

Nós havíamos reservado pela internet um carro com GPS na empresa Movida. Quando fomos retirar o carro descobrimos que não tinha GPS disponível. Segundo a atendente fofíssima (sqn) mesmo reservando não existe garantia de que o carro terá um GPS disponível quando você for retirar. Oiiee??!! Então pra que tem reserva com opção de GPS?? Depois de perdermos minutos preciosos da nossa viagem decidimos voltar ao aeroporto e alugar em outro lugar. É bom esclarecer que a maior parte das locadoras ficam há 5 minutos do aeroporto. Você tem que pegar uma van da empresa para ir ao local de retirada do carro. 
Acabamos alugando na Avis. Foi o local com o melhor atendimento e preço. Acabamos escolhendo um carro 1.6 com quase todos os tipos de seguro. É muito bom pagar por esses seguros já que é comum o pneu furar, vidro trincar etc. Se algo desse tipo acontecer e você não tiver seguro terá que arcar com tudo. Essa informação não foi passada na outra locadora. Além de sair sem GPS não estaríamos segurados em nada. 

Alugar um carro é de longe a melhor opção, mesmo que seja apenas um casal. A passagem, só de ida, para lençóis custa uns R$80,00. Se você pagar ida e volta sai basicamente o que pagamos para usar o carro durante os cinco dias. A gasolina por lá é cara, pagamos entre 3,50 - 3,80. Teve um dia que pagamos R$5,00, mas foi algo totalmente atípico que eu vou explicar mais pra frente.

Uma coisa surpreendente é o número de pedágios que tem entre Salvador e Lençóis. Durante os 409 km são, pelo menos, 4 pedágios. O pior é que a qualidade das estradas não condiz com tanta cobrança. Fomos guiadas pelo GPS e chegamos sem problemas na cidade. A viagem durou umas 5h, muito tempo perdido graças as milhares de carretas que surgem na estrada. Chegamos a encontrar três carretas, uma atrás da outra, na nossa frente. Isso exige um pouco de paciência do motorista. Dica extra: Se você pretende conhecer os lugares sem guia invista em um mapa de papel. Dica extra: Se você pretende conhecer os lugares sem guia invista em um mapa de papel. Compramos um por R$18 e foi uma super ajuda. Ele mostra rotas alternativas mais curtas que as tradicionais e serve de suporte caso o GPS não funcione, algo que não é muito difícil de acontecer.
Tempo de viagem: Média de 5 horas.
Distância: 400km

Pedágios:

2 de R$2,10
1 de R$4,90 
1 de R$3,70. 

Aluguel do carro por pessoa ( no total éramos três):
Valor pelos 5 dias (Hb20 automático, 1.6, com seguros, km livre, baixíssima quilometragem)  - R$200,00.
Gasolina: Por volta de 100,00/120,00.



"Se as informações postadas te ajudaram não esqueça de seguir nossa página no Facebook. Assim você não perde nenhuma novidade e ajuda o blog a ter vida longa. Perguntas devem ser feitas nos comentários. Siga o meu instagram @nathalyporai."



Onde nos hospedamos

Hostel Chapada

Área externa do Hostel chapada


Decidimos ficar no Hi Hostel Chapada e tivemos uma experiência ótima. Havíamos reservado o quarto compartilhado mas acabaram colocando a gente no quarto privado com três camas e banheiro. O quarto era super bonitinho e estava sempre bem limpo. Absolutamente todos os funcionários do Hostel são incríveis. Estão sempre dispostos a ajudar com dúvidas e dicas. Durante todo o tempo que fiquei lá o que mais se destacou foi o Danilo. Outro ponto altíssimo do Hostel é o café da manhã. Meu deus, fico babando só de lembrar da tapioca maravilhosa e do cuzcuz. A área total do hostel é bem grande. Tem área externa com varal, redes, jardim e wi-fi. 


A localização do hostel é boa. Fica em uma rua próxima a mercadinho e restaurantes. Os hóspedes tem direito a ganhar uma caipirinha grátis nos restaurantes Lampião e no Maria Bonita. Realmente não tenho do que reclamar.  

Diária: R$55,00 (Associado Hi Hostel em quarto compartilhado) 

Culinária

    Durante minha viagem conheci alguns lugares legais para comer. Quem quiser comer um acarajé típico com muito camarão e vatapá pode apostar no Acarajé da Zenaide. Ela fica na praça em frente a ponte. A primeira barraca da esquerda para a direita.


O melhor acarajé de Lençóis - Chapada Diamantina


Valor:
No papel R$6
No prato R$10

Lampião

Se você ficar hospedado no Hi Hostel tem direito a uma caipirinha grátis se consumir algo. Caipirinha de verdade, bem feita e em copo grande. Eles também oferecem wi-fi aos clientes. Restaurante excelente. Além de ter uma comida deliciosa e bem servida a decoração é linda! O atendimento é outro diferencial. O meu atendente favorito é p Luan, um fofo super competente. Eu amei tanto o escondidinho de camarão que comi duas vezes. Não no mesmo dia, claro. Vem muita comida, ninguém aguenta comer duas vezes. 


Endereço: Rua da Baderna, centro, lençóis

Bode Grill

Esse restaurante é bom para quem curte self-service. Tem variedade com um preço legal. Parece que lá tem churrasco também, mas não cheguei a provar. 
Endereço: Rua 10 de novembro, 26, Centro.


Sabores da Suzi

Quem curte massa pode correr nos Sabores da Suzi. Sério, vem uma montanha de comida e o preço é super justo. Paguei R$35 no meu prato. A massa é super gostosa e levinha. O atendimento também é ótimo. 
Endereço: Rua das pedras, centro, lençóis


Café Ba- Cana

O lugar serve refeições mas eu acho legal mesmo é para beber com os amigos. A área é grande e o atendimento bacana. Além disso, se não me engano, eles servem dose dupla em alguns dias da semana. Não provei a comida de lá, mas dizem que é boa. Ele fica na mesma rua do Hostel Chapada. Um facilitador para quem gosta de beber hahahahaha 
Rua Urbano Duarte, 60.


Capoeira de raiz

Um dia estávamos jantando na rua da Baderna quando começamos a ouvir um som que parecia Capoeira. Fiquei super animada porque queria muito ver uma apresentação de capoeira na Bahia. Resolvemos seguir o som e chegamos até a Casa do Patrimônio de Lençóis. Saímos entrando e fomos muito bem recebidos. Eles nos deram instrumentos e convidaram para participar da roda. Ficamos ouvindo e assistindo a simples e bela apresentação. Vale a pena dar um pulo pra conferir. 
Para mais informações acesso o Facebook da Casa de Patrimônio de lençóis.

Bom galera, essa é só a primeira parte das postagens sobre a Chapada Diamantina. Se quiser conferir as próximas, que terão todas as informações sobre os passeios que fiz, sigam nossa página no Facebook. Beijão e até a próxima :)


2 comentários:

  1. sabe quantos km percorreu em média?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde!!! :) Não sei te dizer. Só sei que de Salvador para Lençóis são 400 km (o trecho)
      Lençóis Ibicoara 200 km (o trecho)
      Rio Pratinha 30km ( o trecho)
      Cachoeira do Mosquito 40 km ( o trecho)
      Cachoeira do buracão 25km (o trecho).

      Excluir