Turistando no Rio: Andando de bondinho até Santa Teresa

Mergulhando na parte histórica e cultural do Rio -


Uma atividade turística que eu adoro é anda de bondinho até Santa Teresa. Sempre levo os meus amigos turistas e eles gostam bastante. Essa é sem dúvida a melhor forma de chegar ao bairro. 

Após ficar parado durante quatro anos, por causa de um acidente, o bondinho voltou a rodar em agosto de 2015. A entrada da estação fica atrás do prédio da Petrobrás, no fundo do Largo da Carioca. Se você for de metrô basta descer na estação carioca, saída B: República do Chile (fecha aos domingos), e caminhar durante três minutos. Seguindo a rua Lélio Gama você vê uma ruazinha e uma plaquinha com um Bonde.

"Se as informações postadas te ajudaram não esqueça de seguir nossa página no Facebook. Assim você não perde nenhuma novidade e ajuda o blog a ter vida longa. Perguntas devem ser feitas nos comentários. Siga o meu instagram @nathalyporai."


bondinho santa teresa
Crédito: Free Digital Photos



bondinho santa teresa
Crédito: Free Digital Photos

A entrada é gratuita (até o dia 15 de dezembro. Após essa data o valor passará para 20,00), o bonde tem capacidade para 40 pessoas e tem saída a cada 20 minutos. Por isso, as filas são bem grandes. Da última vez que fui cheguei as 11 h e já tinha gente na fila. 




Durante o trajeto o bonde passa por cima dos Arcos da Lapa e você pode conferir várias belezas arquitetônicas do Rio. É um verdadeiro mergulho na história da cidade. 





Nós descemos no Arco do Curvelo e seguimos para o museu A chácara do Céu, depois fomos ao Parque das Ruínas. Eles ficam um ao lado do outro. 





Bondinho
Horário: No horário de 10h às 16h.
Valor: Gratuito até o dia 15 de dezembro. Após essa data custará 20,00.


Chácara do céu

A Chácara é uma propriedade lindíssima cheia de verde. No hall de entrada do museu você encontra peças da coleção de Arte Brasileira. No segundo andar arte européia e no terceiro o resto da coleção de Arte Brasileira. As demais dependências recebem exposições temporárias. 








Além da área externa a parte que eu mais adorei foi o segundo piso. Lá você encontra dois ambientes originais da época que a casa era a residência de Castro Maya, a biblioteca e sala de jantar. 



O jardim de inverno é lindíssimo. E é a principal sala de exposição temporária do museu. De lá você tem vista da Baía de Guanabara e para o Centro da cidade.


Rua Murtinho Nobre, 93, Santa Teresa.
Funcionamento : Diariamente, exceto as terças, das 12h às 17h.
Entrada: R$2,00. Entrada franca as quartas.

"Se as informações postadas te ajudaram não esqueça de seguir nossa página no Facebook. Assim você não perde nenhuma novidade e ajuda o blog a ter vida longa. Perguntas devem ser feitas nos comentários. Siga o meu instagram @nathalyrj."

Centro cultural Parque das Ruínas

Saindo de lá seguimos para O Centro Cultural Parque das Ruínas. Outro lugar lindo e cheio de verde. 




No prédio principal, onde ocorrem as atividades culturais, você sempre encontra uma série de esculturas. A arquitetura do local é super interessante. Tem uma integração das ruínas do antigo palacete com as estruturas de ferro e vidro onde fica o Centro Cultural. 












De lá você confere uma vista 360º lindíssima do Rio. 


Endereço: Rua murtinho Nobre 169, Santa Teresa.
Funcionamento: Terça a domingo, das 8h às 20h.


Depois seguimos caminhando pelo bairro e descemos a suuuper ladeira de Santa Teresa até chegar na Rua Manuel Carneira. Local onde se inicia, ou termina, depende do lado que você vier, a escada Selarón. 
Eu acho menos cansativo e mais seguro volar para o Largo do Curvelo, onde tem a estação do Bondinho, e simplesmente pegar um ônibus até a Lapa, que geralmente custa R$0,80, e visitar a escadaria. 







A parte conhecida como o ínicio é na Rua Joaquim Silva, s/n. Um ponto super bem localizado para partir para vários pontos da cidade. 

Escada Selarón
Endereço: Rua Joaquim Silva, s/n.

"Se as informações postadas te ajudaram não esqueça de seguir nossa página no Facebook. Assim você não perde nenhuma novidade e ajuda o blog a ter vida longa. Perguntas devem ser feitas nos comentários. Siga o meu instagram @nathalyporai."

Nenhum comentário:

Postar um comentário