Conhecendo Pirenópolis em três dias

Complexo Cachoeira dos Dragões, Pirenópolis.
O post de hoje é aquele que todo mundo ama, o que eu faço um resumo das atrações que visitei.
Chegamos em Pirenópolis na parte da tarde e não tínhamos tempo a perder, já que ficaríamos apenas um final de semana. Por isso, resolvemos visitar a cachoeira mais próxima da cidade, a Cachoeira da Usina Velha. Pirenópolis é um desafio para quem vai sem carro. Muitas cachoeiras legais ficam afastadas da cidade. Mas a gente sempre dá um jeitinho, né? 😉 

Se quiser saber como chegar em Pirenópolis dá uma conferida nesse post.

 

Cachoeira da Usina Velha
   Queríamos aproveitar desde o primeiro dia. Por isso, optamos por ir na cachoeira mais próxima da cidade, a Usina Velha. Parte do caminho é feito pela cidade e o resto na estrada. Não tem ciclovia nem área para pedestre caminhar. Foram 4 km andando até a entrada, na saída para a Serra dos Pirineus. De carro você chega lá super rápido. Eles cobram entrada no valor de R$25. Pechinchamos e falamos que fizemos o percurso andando, o rapaz deu um desconto e fez os dois por R$40. Na volta pegamos carona com um caminhão que carregava pedras. HAHAHAHHAHA

A trilha é bem delimitada e rápida, uns 15 minutinhos. Dá pra levar criança tranquilamente.

 

Trilha Cachoeira da Usina Velha
Trilha Cachoeira da Usina Velha
Cachoeira da usina Velha - Pirenópolis
Cachoeira da usina Velha – Pirenópolis

 

 

 

 



A queda da cachoeira tem 10 metros de altura e ela forma uma piscina natural muito gostosa.

 

Só fique alerta para as crianças não tentarem escalar a parte das pedras. Eu fui tentar descer as pedras e acabei me esborrachando no chão.

 

Horário: 8h às 17h.

Entrada (abril de 2017): R$25 por pessoa. 
 
Cachoeira dos Dragões

   Essa foi a minha atração preferida. Apesar de ser difícil chegar lá sem carro, 40 km de distância de Pirenópolis, nós demos um jeito. Conhecemos mais uma pessoa que queria conhecer o local e descolamos um transporte. Pagamos R$50 reais para ele nos levar até lá. Lembro que a estrada era muuuito esburacada, se for de carro se prepare.

O complexo de cachoeiras fica dentro de um mosteiro. Que lugar lindo, cheio de paz e boa energia. Cobram R$40 reais de entrada. Lá tem banheiro e eles vendem lanchinhos. Coisa bem básica, o ideal mesmo é que você leve a sua própria comida. E lembre-se de levar uma sacola plástica para trazer de volta todo o seu lixo. Esse lugar lindo deve ser preservado. 😉

 

mosteiro cachoeira dos dragões
mosteiro cachoeira dos dragões

 

Após pagar a taxa de entrada você recebe um mapa e instruções da trilha. Ela é bem delimitada, em alguns momentos você tem que passar por pontes e subir algumas pedras. Mas isso só mais lá pro meio da trilha, as primeiras cachoeiras são de fácil acesso.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dependendo de quando você for algumas cachoeiras vão estar com baixo fluxo de água. Nós nem entramos em algumas porque tinha pouca água.

 

O percurso completo tem 4,3 km, por volta de 4 horas. Fiz parte dele de tênis e outra descalça. Cada cachoeira tem uma placa onde é contada a história por trás do nome da atração.

 

Além das 8 cachoeiras, no final ainda tem umas micro piscinas de água natural morna, que eles chamam de ofurô. A vista de lá é bem bonita.


Entrada (abril 2017): R$40
Horário: 9h às 17h 
Endereço: Pirenópolis – GO, 72980-000
 
Cachoeiras Bonsucesso
   Esse é outro complexo de cachoeiras bem famoso. Ela fica a apenas 5 km do Centro de Pirenópolis, dentro da Fazenda Bonsucesso. Lá tem restaurante, banheiro e lojinha com doces regionais. A trilha total tem 1.200 metros de distância e 6 cachoeiras no caminho. Algumas partes são bem íngremes e exigem certo esforço físico, mas a maior parte é tranquila. As duas últimas cachoeiras são bem fundas, tome cuidado quando for nadar.

Entrada (abril 2017): R$25

Horário: 8h às 17h
Endereço: Fazenda Bonsucesso, Pirenópolis – GO, 72980-000. 
 
Please follow and like us:

Deixe uma resposta